ENTREVISTA COM O PROMOTOR FLÁVIO SCHMIDT – O DESAFIO DIÁRIO DE CONQUISTAR O CLIENTE

“Um trabalho fantástico”, assim Flavio Schmidt, Padeiro Promotor da Pitlak descreve seu dia-a-dia na empresa onde atua há praticamente 7 anos. Flávio possui a tarefa de apresentar todos os itens da empresa aos clientes, depois a implantação, capacitação e treinamento da equipe.

Flavio começou a trabalhar com panificação em 1994, jamais imaginava que seguiria nessa área. “Comecei trabalhando e manipulando vários tipos de pães com receituários praticamente de forma artesanal”, comenta. “Logo veio as pré-misturas, isso significava que o hábitos e costumes estavam mudando e as padarias tiveram que se adaptar essa mudança e não parou. Fiquei desempregado durante um período, foi bem difícil. Ganhei de uma tia o valor de 10 reais. Com esse valor, comprei tudo o que precisava para fazer pão em casa. E assim fiz, deu 20 pães!  Assei no forno do fogão, arrumei um cesto e sai de porta em porta dando uma volta na quadra e vendi todos os pães cada um a 1,00 real e voltei para casa com o dobro.  E assim fiquei vendendo pães por 3 meses até que uma empresa me chamou para entrevista, onde fiquei lá por cinco anos”, relembra.

A vida de empreendedor de Flávio sempre esteve no sangue e a vontade de aprender e se desafiar sempre falou mais alto. “Depois de cinco anos trabalhando, saí para montar minha padaria no litoral de Santa Catarina onde permaneci por três anos”, comenta.  Quando retornou a Curitiba, se candidatou a uma vaga na Pitlak. “Até então nem sabia da existência de pães congelados, confesso que tive um pouco de medo”, ressalta. “Mas quando comecei a manipular esses produtos, fui desenvolvendo técnicas e os resultados foram excelentes. O aprendizado não para por aí, cada dia aprendo mais e mais”, avalia.

Para Flávio, o mercado hoje está em crescimento, no entanto falta mão de obra. “Estamos na era do congelado. A qualidade do produto ofertado pela Pitlak é muito superior ao encontrado no mercado, porém muitas padarias não querem investir e acabam não pensando no consumidor final”, explica. “Tendo um excelente atendimento entre comercial, promotores e entregadores fecha-se o elo e não se dá espaço para concorrência”, enfatiza. Por isso, “trabalhar na Pitlak é um desafio diário de uma padaria diferente, e com certeza um dos melhores lugares que já atuei”, finaliza.

VAMOS CONVERSAR

Pellentesque in ipsum id orci porta dapibus. Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Nulla porttitor accumsan tincidunt. Vestibulum ac diam sit amet quam vehicula elementum sed sit amet dui.

FALE CONOSCO