DICAS PARA CONGELAR ALIMENTOS EM CASA

Se tem algo que facilita o dia a dia de quem cozinha, com certeza é a possibilidade de congelar alimentos para utilizá-los depois. No entanto, será que todos podem ser congelados? E como deve ser feito este processo de congelamento? Separamos dicas ótimas para você entender tudo direitinho. Acompanhe conosco.

Principais dicas para congelar alimentos

•Pratos muito temperados demais tendem a ter o sabor realçado pelo congelamento, por isso, cuidado!;

•Nunca esqueça de colocar a data de congelamento na embalagem para você não cair no erro de consumir algo estragado depois;

•Tente ocupar, no máximo, ¾ do seu freezer, tendo em vista que quando o espaço está sobrecarregado, o ar deixa de circular;

•Se por algum motivo o freezer estragar ou parar de funcionar, os pratos prontos devem ser consumidos imediatamente, e os alimentos crus terão de ser cozidos antes de preparados.

Alimentos que nunca devem ser congelados

Batata: porque ela amolece e escurece quando congelada in natura. No entanto, como purê ela pode ser congelada.

Maionese pudim e cremes diversos: também não podem ser congelados, isso porque levam leite e ovos no processo.

Os iogurtes em geral: também não podem ser congelados porque os ingredientes se separam e ficam porosos/terrosos.

Qualquer tipo de fruta: só deve ir ao freezer se estiver cozida e transformada em calda ou purê.

Verduras (a maioria): não devem ser congeladas, isso porque elas murcham, amolecem e perdem o sabor.

Tempo de conservação de alguns alimentos

Frango: 12 meses
Carne bovina: 12 meses
Queijo: 8 meses
Carne moída: 3 meses
Miúdos de frango: 2 meses
Leite: 4 meses
Pães: 4 meses
Salgadinhos: 3 meses

Agora é só aplicar as nossas dicas para aproveitar ao máximo a praticidade do congelamento. Assim como os pãezinhos pré-assados da Pitlak que chegam congelados ao estabelecimento, que facilitam o processo de armazenagem, produção e principalmente a venda!

 

Fonte: Pitlak com informações Abril





[custom-facebook-feed]

VAMOS CONVERSAR

O que achou do nosso conteúdo? Divida sua opinião e comentários conosco.

FALE CONOSCO